segunda-feira, 7 de julho de 2014

E a Copa do Mundo 2014 rendendo... Abridores de garrafas inspirados na polêmica mordida do jogador Suárez

Foto Internet
Um dos lances mais polêmicos da Copa do Mundo 2014, a mordida de Luis Suárez no italiano Chiellini, que acabou com a expulsão do uruguaio do Mundial, continua rendendo fora de campo. O episódio deu dor de cabeça aos seus patrocinadores e, agora, rende produtos exóticos.
Uma empresa chinesa resolveu fazer um abridor de garrafas com a imagem do jogador Luiz Suárez, remetendo a força dos seus dentes. O produto não é licenciado, está à venda através de sites e custa cerca de R$ 10,00.

Foto Internet
Em 2006, na Copa da Alemanha, um inglês confeccionou um modelo único
de abridor de garrafas com a imagem do jogador Ronaldinho Gaúcho. Os dentes do atleta fizeram tanto sucesso que a peça foi a leilão e vendida por US$ 12 mil.

sábado, 28 de junho de 2014

Série Regiões Vinícolas - Toscana, Itália


A Itália disputa com a França o título de principal produtor de vinhos do mundo. A região da Toscana, cuja capital é Florença, produz Chiantis e Brunellos di Montalcino, vinhos tintos com reputação mundial. Nada mais romântico do que um tour pela Itália, degustando os melhores vinhos, acompanhados da inigualável gastronomia local, entre vilas e vinhedos. 


sexta-feira, 20 de junho de 2014

Dica – Harmonização: Cervejas x Queijos

Engana-se quem pensa que cerveja se define como escura ou clara. Atualmente há mais de 120 estilos diferentes de cervejas no mundo! E o brasileiro, que sempre gostou da bebida, começa a tomar gosto também por outros paladares que ela apresenta.
As cervejas especiais apresentam aromas e sabores diferentes do estilo tradicional, o pilsen, e é possível encontrar uma enorme variedade entre nacionais e importadas. E a cerveja artesanal vem se destacando e ganhando mais atenção e espaço no copo do brasileiro.
A cerveja, além de outros alimentos, vai muito bem com os queijos, trazendo uma infinidade de novos sabores. Se não quiser arriscar muito, pode-se optar por cervejas leves com queijos leves, e cervejas mais intensas e complexas com queijos mais encorpados.
Caso queira sair do tradicional e arriscar mais, confira algumas combinações destas maravilhas gastronômicas:




Harmonize!
Saúde!

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Coca-Cola ‘VERDE’, a polêmica!

Foto: Divulgação/Coca-Cola
A Coca-Cola lançou uma nova bebida com menos calorias, 89kcal, contra as 138kcal, em média, em 330 ml da versão original. Não é diet, nem light, é life, uma mistura de açúcar com extrato de folhas de stévia, uma planta originária da América do Sul . O produto já foi lançado na Argentina, no Chile, e em setembro passará a ser vendido no Reino Unido, mas não chegará ao Brasil.
O lançamento no Reino Unido é parte do comprometimento da Coca-Cola com a campanha do governo de combate à obesidade, em que a marca prometeu reduzir em 5% a quantidade de calorias de seus produtos em 2014. Entretanto, críticos dizem que a bebida ainda tem mais de quatro colheres de chá de açúcar, um quarto da recomendação diária para uma criança.
O Dr. Aseem Malhotra, diretor científico da Action on Sugar, e a The Children’s Food Campaign dizem que a Coca-Cola somente visa o lucro e está enganando os consumidores, sem interesse na saúde pública.
Em sua defesa, a marca afirma que mais de 40% de suas vendas no Reino Unido são de produtos sem calorias, como a Coca-Cola Zero e a Diet Coke. Desde a Coca-Cola Zero, de 2006, é a primeira versão de baixa caloria da marca lançada no Reino Unido. Uma lata de Coca-Cola Life contém 89 calorias, contra as 139 calorias da versão tradicional.
No Brasil, a nova bebida foi barrada, pois possui uma composição fora da regulamentação do Ministério da Agricultura para refrigerantes.
Por aqui, o Ministério da Agricultura tem um decreto (6871/2009) que rege a padronização, a classificação, o registro, a inspeção e a fiscalização da produção e do comércio de bebidas. Este decreto proíbe a associação de açúcar e edulcorantes em bebidas não alcoólicas, com exceção de preparados sólidos para sucos.

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Para acarinhar... Faxina da Alma - Carlos Drummond de Andrade


Não importa onde você parou, em que momento da vida você cansou.
Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo, é renovar as esperanças na vida e, o mais importante, acreditar em você de novo.
Sofreu muito nesse  período? Foi aprendizado.
Chorou muito? Foi limpeza da alma.
 Ficou com raiva das pessoas? Foi para perdoá-las um dia.
Sentiu-se só por diversas vezes? É porque fechaste a porta até para os anjos.
Acreditou que tudo estava perdido? Era o início da tua melhora.
Pois é… agora é hora de reiniciar, de pensar na luz, de encontrar prazer nas coisas simples de novo.
Um corte de cabelo arrojado diferente, um novo curso, ou aquele velho desejo de aprender a pintar, desenhar, dominar o computador, ou qualquer outra coisa. Olha quanto desafio, quanta coisa nova nesse mundão de meu Deus te esperando… Tá se sentindo sozinho? Besteira, tem tanta gente que você afastou com o seu “período de isolamento”.
Tem tanta gente esperando apenas um sorriso teu para “chegar”  perto de você. Quando nos trancamos na tristeza, nem nós mesmos nos suportamos, ficamos horríveis. O mau humor vai comendo nosso fígado, até a boca fica amarga. Recomeçar… Hoje é um bom dia para começar novos desafios.
Onde você quer chegar? Alto? Sonhe alto! Queira o melhor do melhor. Queira coisas boas para a vida. Pensando assim, trazemos prá nós aquilo que desejamos.
Se pensamos pequeno, coisas pequenas teremos. Já, se desejarmos fortemente o melhor e, principalmente, lutarmos pelo melhor, o melhor vai se instalar na nossa vida. E é hoje o dia da faxina mental.
Jogue fora tudo que te prende ao passado, ao mundinho de coisas tristes. Fotos, peças de roupa, papel de bala, ingressos de cinema, bilhetes de viagens e toda aquela tranqueira que guardamos quando nos julgamos apaixonados.
Jogue tudo fora, mas, principalmente, esvazie seu coração. Fique pronto para a vida, para um novo amor.
Lembre-se, somos apaixonáveis, somos sempre capazes de amar muitas e muitas vezes, afinal de contas, nós somos o “Amor”.
Porque sou do tamanho daquilo que vejo e não do tamanho da minha altura.

Carlos Drummond de Andrade

terça-feira, 3 de junho de 2014

O malbec nas alturas, de Luiz Carlos Zanoni


Sempre que provo um Malbec me vem a observação feita certa vez em Mendoza pelo enólogo Ruben Sfragara, na época piloto-mor da vinícola Alta Vista. Sfragara é profissional das antigas, no trecho desde os idos de 80, quando a Argentina, inspirando-se no exemplo dos produtores californianos do Napa Valley, iniciou o processo de renovação de sua indústria do vinho. Testemunha presencial do antes e do depois, ele tem opinião firme sobre o porquê da escolha da uva Malbec como carro-chefe da vinicultura do país.
Sfragara suspeita que a opção aconteceu por estratégica influência dos franceses, interessados em evitar concorrência às variedades viníferas nas quais se destacam. Embora originária da França, utilizam-na pouco por lá. O clima não ajuda. Assim, para os franceses, melhor ver Mendoza exportando rios de Malbec do que de Cabernet Sauvignon, Syrah ou Pinot Noir, cepas nas quais são campeões.
Se Sfragara tinha razão, foi o certo por linhas tortas. Os tais rios de Malbec se tornaram realidade, já que a variedade, avessa a céus nublados e excessos de umidade, encontrou nas alturas de Mendoza condições ideais. O clima é desértico, chove pouco, mas água não falta, via irrigação que o degelo das neves da cordilheira proporciona. E os dias ensolarados asseguram a sanidade das frutas e seu correto amadurecimento.
O vinho exibe densa cor púrpura, aromas sugerindo morangos, ameixas, não raro frutas em compota, na boca redondo, taninos suaves, levemente adocicados. Nenhuma complexidade. Sob medida para mercados jovens como o nosso, que pedem vinhos fáceis de beber e entender. E com a vantagem de ser um tinto amigo de quase todas as cozinhas, do bacalhau da Camponesa do Minho às costeladas do Nick, passando pelas pizzas da Bresser, o churrasco do Erwin ou as massas do Bologna.
Mendoza detém a maior extensão de vinhedos de Malbec – 40 mil hectares, contra, por exemplo, os 13 mil da França. O vinho é presença obrigatória nos catálogos das bodegas, com qualidade mais ou menos estável entre os produtores. Nas harmonizações à mesa vão melhor os rótulos de padrão médio e teor alcoólico moderado, em torno dos 13°. Destacam-se aí os da Achaval Ferrer, Luigi Bosca, Catena, Zuccardi, Felipe Rutini e Terrazas de los Andes. Também os da Norton, O. Fournier e Álamos. Os preços costumam ser acessíveis, na faixa dos R$ 50. Já para os apreciadores de vinhos mais densos, encorpados, existem Malbecs de vinhedos únicos e com estágio mais longo nas barricas de carvalho. Três especiais: o Afincado da Terrazas de Los Andes, o Catena Zapata e o Finca Altamira La Consulta da Achaval Ferrer. Os preços, aqui, ultrapassam a barreira dos R$ 200.
Mas, diga Ruben Sfragara, se não fosse Malbec, o que seria? “Cabernet Sauvignon”, foi a pronta resposta. A Argentina, de fato, tem excelentes tintos dessa variedade, vide os da Zuccardi e Luigi Bosca. Sucede que Chile, Califórnia (EUA) e os muitos países europeus também têm. No caso, ao invés de desfilar com um vinho exclusivo, nossos hermanos seriam apenas mais um no mercado. Vê-se que o Malbec não foi tão mau negócio assim.

Luiz Carlos Zanoni, colunista da Revista IDEIAS.

domingo, 1 de junho de 2014

Mais uma ação McDonald’s

O McDonald’s lançou no Reino Unido a ação de marketing promocional “My Burger”, onde estimula os britânicos a criem novos sanduíches para a rede.
A ação consiste em montar o lanche por meio da ferramenta “Burger Builder”, disponível no site da rede.
Até o dia 15/06, o público poderá escolher entre 80 ingredientes, para criar as combinações. Os 12 sanduíches mais votados passam por uma curadoria e os cinco melhores serão vendidos em 1,2 mil restaurantes.
Os finalistas serão convocados para preparar suas criações junto com os chefs da cozinha de teste do McDonald’s, no Reino Unido. Um corpo de jurados especialistas escolherá os cinco vencedores.
A partir de 15/10, um dos campeões estará disponível por semana no cardápio da rede.

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Amargo vinho da saudade - Nilton Nascimento


Bebo do cálice da distância,
O forte amargo vinho da saudade...
É odioso, exala sua fragrância,
Um cheiro de tristeza e ansiedade.
Se vende fácil, com abundancia,
Nas adegas da infelicidade...
Apesar da quase intolerância,
Bebo este vinho cheio de caridade.
Piedoso um vinho intragável?!
A sua constante embriaguez é tão amável,
Que pra me esconder da louca solidão
Me faz saltar para minha recordação...
E nesse refúgio de minha mente,
Estas tu, esperando, sempre presente.

Amargo vinho da saudade - Nilton Nascimento

domingo, 25 de maio de 2014

Lançamento da Stella Artois: Cidra de framboesa


A Stella Artois, que já tem uma linha consolidada de cidras no Reino Unido, lança o novo sabor framboesa, que aumenta o portfólio da marca, junto com o novo sabor de pera e o tradicional de maçã.
O produto está disponível no mercado britânico em garrafas de 500 ml e 330 ml. A ABInBev, proprietária da marca, descreve a nova bebida como uma “cidra sofisticada de frutas, com um teor refrescante”.
Segundo a Nielsen Scantrack Total Off-Trade, a categoria de cidra de frutas teve crescimento nas vendas, que triplicaram nos últimos dois anos. Desde seu lançamento, em 2011, a cidra da Stella Artois foi a bebida premium de maçã mais vendida.
A marca também mudou o formato da garrafa, a maior, para ser compartilhada, e a menor, para atrair o público feminino.

quarta-feira, 21 de maio de 2014

“Vinhos de Portugal” no Rio de Janeiro


Uma parceria entre O Globo e o Público, jornal português, leva ao Rio de Janeiro uma tradição lusitana. O Vinhos de Portugal vai reunir, entre os dias 22 e 25/05, 60 produtores portugueses num mercado de provas, no Palácio de São Clemente, residência oficial do cônsul de Portugal no Rio de Janeiro.
A previsão é que o evento, que conta com o apoio da ViniPortugal – responsável pela promoção mundial da marca Vinhos de Portugal -, atraia cerca de quatro mil pessoas, entre consumidores e profissionais.
A abertura do evento será realizada no dia 22/05, em um jantar exclusivo para 70 convidados, com participação do embaixador e do cônsul de Portugal no Brasil. Já de 23 a 25/05, haverá, além do mercado de provas, cursos da Academia de Vinhos de Portugal e provas conduzidas pelos críticos dos dois jornais.
O Vinhos de Portugal no Rio conta ainda com a presença de Dirceu Vianna Junior, único Master of Wine brasileiro, título criado na década de 50 e que foi conquistado por apenas 280 pessoas no mundo inteiro.
Outro destaque da programação é a prova especial em homenagem ao ano da Copa do Mundo no Brasil. Em “Os Portos das Copas” o público poderá provar os vinhos do Porto dos anos em que o Brasil venceu o Mundial – 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002.
A inovação do evento ficará por conta da “Taça inteligente” (Smart Wine Glass), uma nova tecnologia portuguesa usada pela primeira vez no Brasil. Com este copo, o visitante receberá em seu e-mail todas as informações dos vinhos de todos os produtores que provar.
A Taça inteligente” é uma tecnologia desenvolvida pela empresa portuguesa Adegga.com e acaba de ganhar o prêmio de inovação do Wine Business Innovation Summit, em Munique, Alemanha.

O valor do convite é R$50 com direito ao uso da taça inteligente. Mais informações: (21) 2567-0464.

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Wine Day Qualimpor 2014 - Degustação de grandes vinhos do Esporão, Crasto, Murças, Freixenet e Taylor´s


A importadora Qualimpor realiza no próximo dia 21 de maio o seu Wine Day em São Paulo, com degustação de toda a linha de vinhos e azeites da Herdade do Esporão, Quinta do Crasto,  Quinta dos Murças, cavas Freixenet e dos vinhos do Porto Taylor's. O evento será na Casa Itaim e contará com a presença de Tomás Roquette, produtor do Crasto; do enólogo do Esporão David Baverstock; do enólogo da Freixenet José Montilla e do diretor da Taylors Fernando Seixas, que virão ao Brasil especialmente para a ocasião. Eles apresentarão aos enófilos, profissionais do segmento e imprensa diversos lançamentos e novas safras.
Importadora exclusiva de todas essas marcas, a Qualimpor distribui e comercializa os produtos através de equipe própria e de mais de 20 representantes nos estados brasileiros, atingindo assim todo o território nacional.


QUALIMPOR – Importação e Exportação
www.qualimpor.com.br

Tema Assessoria
www.temaassessoria.com.br

domingo, 18 de maio de 2014

O famoso Julgamento de Paris entre os "101 itens que fizeram a América"

O Julgamento de Paris, por Gary Myatt
O famoso Julgamento de Paris - prova de vinhos californianos que derrotaram às cegas célebres rótulos franceses, em 1976 -, está entre os marcos da história dos Estados Unidos, segundo a revista Smithsonian, que representa o maior museu e complexo de pesquisa do mundo.
A publicação apontou os vinhos que participaram da prova como um dos "101 itens que fizeram a América", lista onde figuram, entre outros, o chapéu de Abraham Lincoln, o traje espacial de Neil Armstrong e a bandeira americana, que foram selecionados entre 137 milhões de eventos e símbolos possíveis.

sábado, 17 de maio de 2014

O Veneno - Charles Baudelaire


Sabe o vinho vestir o ambiente mais espúrio
Com seu luxo prodigioso,
E engendra mais de um pórtico miraculoso
No ouro de um vapor purpúreo,
Como um sol que se põe no ocaso nebuloso.
O ópio dilata o que contornos não tem mais,
Aprofunda o ilimitado,
Alonga o tempo, escava a volúpia e o pecado,
E de prazeres sensuais
Enche a alma para além do que conter lhe é dado.
Mas nada disso vale o veneno que escorre
De teu verde olhar perverso,
Laguna onde minha alma se mira ao inverso...
E meu sonho logo acorre
Para saciar-se nesse abismo em fel imerso.
Nada disso se iguala ao prodígio sombrio
Da tua saliva forte,
Que a alma me impele ao esquecimento num transporte,
E, carreando o desvario,
Desfalecida a arrasta até os umbrais da morte!
Charles Pierre Baudelaire

Baudelaire foi um poeta e teórico da arte francesa. É considerado um dos pioneiros do Simbolismo.

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Rapidinhas do Vinho - Potência Masculina


Pesquisas médicas têm relacionado o vinho a diversas benesses na área da saúde humana e agora um novo ponto foi descoberto. 
Uma equipe de pesquisadores do Nofer Institute of Occupational Medicine, em Lodz, Polônia, descobriu que homens que bebem vinho até três vezes por semana, produzem um esperma mais forte do que os que não consomem a bebida.
A explicação é que os espermatozoides dos homens "bebedores" possuíam caudas mais poderosas, sendo melhores nadadores, aumentando assim as chances de fertilização.

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Frases do Vinho...


Saboreiem do amor tudo o que um homem sóbrio saboreia do vinho, mas não se embebedem.
Alfred de Musset

sábado, 10 de maio de 2014

Frases do Vinho...


A sabedoria não vem automaticamente com a idade. Nada vem - exceto rugas. É verdade, alguns vinhos melhoram com o tempo, mas apenas se as uvas eram boas em primeiro lugar.
Abigail Van Buren

Queijos da França


terça-feira, 6 de maio de 2014

Noticia saborosa para os chocólatras do Brasil!


A suíça Lindt, líder mundial no setor de chocolates premium, e o grupo brasileiro CRM, dono das marcas Kopenhagen e Chocolates Brasil Cacau, anunciaram parceria para sua primeira subsidiária na América do Sul.
A Lindt & Sprüngli (Brazil) SA, terá participação de 51% da suíça Lindt e 49% do Grupo CRM.
Em comunicado, as empresas afirmam que o objetivo é "obter acesso mais rápido ao mercado brasileiro" e que a aliança nasce com o compromisso de abrir várias lojas Lindt no Brasil.
Inicialmente, as operações serão lojas próprias, mas o acordo de acionistas prevê a possibilidade de futuramente seguir o plano de expansão através da abertura de franquias.
Conforme anúncio do Grupo CRM, a parceria entre Lindt e Grupo CRM está focada principalmente na comercialização dos produtos que não estão disponíveis no varejo e Duty Free.
"Por meio desse importante negócio, o Grupo CRM se posiciona no Brasil como o único grande player no segmento de boutiques de chocolate com opções de produtos nas categorias luxo, premium e democrático", acrescentou a dona da Kopenhagen e Chocolates Brasil Cacau.


Fonte: Exame

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Lançamento - 100 BARRICAS DO CHILE: 100 Vinícolas, 100 Enólogos, 100 Barricas = 1 Vinho

A Top Winemakers traz ao Brasil o vinho 100 Barricas do Chile, um projeto inovador, que reúne em uma única garrafa as 100 melhores vinícolas do país. O resultado é surpreendente, um vinho singular, que reflete toda a diversidade, riqueza e potencial de criatividade enológica do Chile. 
Das vinícolas boutiques, às maiores e mais conhecidas, pertencentes a 12 Vales do Chile, como Concha y Toro, Haras de Pirque, Laberinto, El Principal, Palo Alto, San Pedro, Vestisquero, Tarapacá, Montgras, Vistamar, J.Bouchon entre muitas outras, estão neste projeto. Cada uma contribuiu com 1% da criação deste magnífico vinho, com uma barrica de Cabernet Sauvignon.
100 Barricas do Chile foi liderado por Rafael Prieto, diretor da Top Winemakers, partindo de uma ideia complexa que resultou em um ano de trabalho para eleger e selecionar o que há de melhor em cada vinícola. Fruto de um pouco de loucura e muita coragem, um projeto de alto risco e que nunca foi realizado no mundo, resultou em um novo estilo de vinho Cabernet Sauvignon chileno!

Notas de degustação do Sommelier-Consultor Ariel Pérez: Assemblage de Cabernet Sauvignon 93% + Syrah 5% + Carmenere 1% + Carignan 1%. Símbolo Máximo da União da Indústria do Chile, um vinho moderno e com grande caráter. Cor vermelho-púrpura, corpo médio, vivo e fresco. Destaque para sua complexidade "amistosa", as especiarias, mineralidade, flor e tabaco com intensidade marcada por frutas vermelhas. Um vinho profundo e equilibrado com taninos finos, aveludado, concentrado e com final longo. Protagonismo para sua elegância. Envelheceu em média 14 meses em carvalho francês.

Preço: R$ 435,00
Importado pela AC Importadora Terruares
Contato: 11 98799-1796 - com Cristóbal Pérez
vendas@terruares.com 


Fonte: Tema Assessoria

domingo, 4 de maio de 2014

Ficat, Bota Fora da Acias e Rodada de Negócios do Ciesp: eventos simultâneos - SP

Foto divulgação - Ficat
A Feira da Indústria, Comércio, Agricultura e Turismo - Ficat -, será realizada de 21 a 24/05, das 14h às 21h no CEUNSP, e contará com outros dois eventos simultâneos: o primeiro Bota Fora da Acias 0 - Associação Comercial de Salto - e a Rodada de Negócios do Ciesp - Centro das Indústrias do Estado de São Paulo.
De acordo com os organizadores, o primeiro Bota Fora tem o intuito de privilegiar os comerciantes e consumidores saltenses, bem como oferecer descontos exclusivos na compra de diversos itens.
Na ocasião, lojistas saltenses de diversos segmentos, como roupas, calçados, presentes, brinquedos e acessórios, dentre outros, oferecerão seus produtos a preços mais baixos. A iniciativa também faz parte das comemorações de 50 anos da Associação Comercial.
Já a Rodada de Negócios do Ciesp, será realizada pelas diretorias regionais do Ciesp Indaiatuba, Campinas e Sorocaba dentro da Ficat, no dia 22/05, das 13 às 18h.
Além destes eventos paralelos, a Feira de Negócios contará com Ciclo de Palestras, Oficinas de Artesanato – Aprenda como fazer, Artesanato Local, Oferta Tecnológica, Eventos Concomitantes do CeunSP, Área de Exposição/Show-Room, Balcão de Serviços, Área Verde, Eventos Culturais e Praça de Alimentação.

Local: Salão Nobre de Eventos do “CEUNSP” – Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio - Salto/SP
Site oficial do evento: www.ficat.com.br

Realização: R.B.E. - Rede Brasil Eventos Ltda


quinta-feira, 1 de maio de 2014

Arte - Esculturas com alimentos, por Klaus Enrique


A série de fotografias de Klaus Enrique Gerdes transforma flores, frutas e vegetais em arte. 
Inspirou-se no mestre Giuseppe Arcimboldo, pintor italiano, que possui, entre suas obras principais a série "As quatro estações", onde usou, pela primeira vez, imagens da natureza, tais como frutas, verduras e flores, para compor fisionomias humanas.

quarta-feira, 30 de abril de 2014

As cervejas e os monges trapistas...

O quadro é de Eduard von Grützner - o título: Bierprobe (degustação de cerveja).
As trapistas são cervejas produzidas sob a supervisão de monges da Ordem Trapista. Dos 171 mosteiros trapistas existentes no mundo, apenas dez são autorizados a marcar suas cervejas com o selo de autenticidade trapista, garantindo a origem monástica de sua produção. Esses dez monastérios estão assim distribuídos:
·                     seis na Bélgica, em Rochefort (Namur), Achel, Orval, Westmalle, Vleteren Oester, Chimay; sendo as principais cervejas Dubbel, Tripel, Quadrupel, Belgian Ale,
·                     dois na Holanda - Konigshoeven - cerveja La Trappe, Abdij Maria Toevlucht (em Klein-Zundert)
·                     um na Áustria - Engelszell
·                     um nos Estados Unidos - St. Joseph’s Abbey (Spencer- Massachusetts

terça-feira, 29 de abril de 2014

Alex Atala e Helena Rizzo levam o Oscar da Gastronomia Mundial

Considerado o Oscar da gastronomia mundial, a premiação anual dos 50 melhores restaurantes do mundo, promovida pela revista britânica Restaurant, foi sediada nesta segunda-feira (28), em Londres.

No topo da lista, René Redzepi, do Noma (Dinamarca), retomou a primeira posição, seguido pelos restaurantes El Celler, de Can Roca (Espanha), e Osteria Francescana, de Massimo Bottura (Itália).
Os representantes brasileiros também ficaram bem posicionados no ranking. A chef Helena Rizzo, do Maní, subiu dez posições em relação ao ano passado, e se classificou em 36º lugar. Ela também levou o prêmio de Melhor Chef Feminina.
Alex Atala, do D.O.M., caiu uma posição em relação a 2013, ficando na sétima colocação. Ele também levou o título de Chef do Ano na categoria “Chef’s Choice” (A escolha dos chefs, em tradução para o português).
Alex Atala e Helena Rizzo
Confira a lista completa dos 50 melhores restaurantes do mundo:
1. Noma (Dinamarca)
2.El Celler de Can Roca (Espanha)
3. Osteria Francescana (Itália)
4. Eleven Madison Park (EUA), também premiado como o melhor restaurante da América do Norte
5. Dinner by Heston Blumenthal (Inglaterra)
6. Mugaritz (Espanha)
7. D.O.M. (Brasil), também premiado como o melhor restaurante da América Latina
8. Arzak (Espanha)
9. Alinea (EUA)
10. The Ledbury (Inglaterra)
11. Mirazur (França)
12. Vendôme (Alemanha)
13. Nahm (Tailândia) , também premiado como o melhor restaurante da Ásia
14. Narisawa (Japão)
15. Central (Peru), também premiado como o restaurante que mais subiu na lista (37 posições)
16. Steirereck (Áustria)
17. Gaggan (Tailândia), também premiado como o restaurante que estreou na melhor posição na lista
18. Astrid y Gastón (Peru)
19. Fäviken (Suécia)
20. Pujol (México)
21. Le Bernadin (EUA)
22. Vila Joya (Portugal)
23. Frantzen (Suécia)
24. Amber (Hong Kong)
25. L’Arpége (França)
26. Azurmendi (Espanha)
27. Le Chateubriand (França)
28. Aqua (Alemanha)
29. De Librije (Holanda)
30. Per Se (EUA)
31. L’Atelier Saint Germain de Joël Robuchon (França)
32. Attica (Austrália), também premiado como o melhor restaurante da Austrália
33. Nihonryori Ryungi (Japão)
34. Asador Etxebarri (Espanha)
35. Martín Berasategui (Espanha)
36. Maní (Brasil)
37. Andre (Cingapura)
38. L’Astrance (França)
39. Piazza Duomo (Itália)
40. Daniel (EUA)
41. Quique Dacosta (Espanha)
42. Geranium (Dinamarca)
43. Schloss Schauenstein (Suíça)
44. The French Laundry (EUA)
45. Hof van Cleve (Bélgica)
46. Le Calandre (Itália)
47. Fat Duck (Inglaterra)
48. The Test Kitchen (África do Sul), também premiado como o melhor restaurante da África
49. Coi (EUA)
50. Waku Ghin (Cingapura)

Fonte: Revista Restaurant

domingo, 27 de abril de 2014

Tomando um cabernet – Luiz Alberto C. Filho


Morrer, mas não morrer fisicamente.
Do teu corpo que cheira a vinho e gozo,
Envolto num prazer maravilhoso,
Morrer lá dentro, exausto, lentamente.
Morrer, mas não morrer como se sente
Do triste luto o gosto pesaroso.
Morrer, mas de um cansaço prazeroso,
Sobre teu ser suado e muito quente.
Melhor que esta que morte se afigura,
Que outra vem nos trazer paz e ventura
Após momento altivo e sublimar?
E após este morrer que tudo cura,
E da paixão sentir sua loucura,
Um cabernet contigo vou tomar.

Luiz Alberto C. Filho

Série Uvas - Negroamaro

Negroamaro, ou Negramaro, é uma casta de uva tinta cultivada quase exclusivamente na região da Puglia, no sul da Itália.
A origem do nome é a repetição da palavra "negro" em duas línguas: niger, em latim, e maru, em grego antigo. Também é conhecida como Abruzzese, Arbese, Jonico, Mangiaverde, Negro Amaro, Nero Leccese, Nicra amaro, Niuru maru, Uva Cane, Albese.
O período de maturação varia de acordo com a zona de cultivo, sendo fins de setembro e início de outubro.
As videiras são vigorosas e de alta produtividade, facilmente adaptáveis a vários tipos de solo, preferindo os calcário-argilosos, e climas quentes, mesmo que áridos. Normalmente, é utilizada em cortes, com Malvasia, Sangiovese, Montepulciano; raramente para a produção de vinho varietal.
Produz vinhos de intensa cor vermelho-granada, de aroma frutado e notas de tabaco, sabor potente e persistente. Geralmente, suporta até 8 anos de guarda.

sábado, 26 de abril de 2014

Vinho na taça - Fátima Abreu


Embebede-se em minha taça,
Vinho que te ofereço.
Um aconchego,
Teu novo berço...
Uma taça escolhida,
Para lhe servir dessa bebida.
Deleite-se sem demora!
É o meu sabor que prova agora...


Fátima Abreu

A arte de esculpir em alimentos


“Criatividade é permitir a si mesmo cometer erros. Arte é saber quais erros manter.”

Scott Adams

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Comida japonesa: saudável ou cilada?


Muita gente pensa que optar por um restaurante japonês é a melhor opção para quem busca uma alimentação saudável e de baixa caloria, mas, na maioria dos casos, é preciso saber escolher os pratos e atentar à quantidade.
Uramakis, niguiris, temakis e shimeji são alguns itens da culinária japonesa que parecem saudáveis e aliados para aqueles que buscam uma alimentação equilibrada, ou até mesmo a perda de peso, mas a verdade é que eles são, em sua maioria, à base de gohan, o arroz utilizado nos pratos, que contém alto teor de açúcares e carboidratos.
Os alimentos em si não são tão calóricos, é a escolha dos molhos e acompanhamentos que podem interferir no resultado final da refeição.
No preparo do sushi, por exemplo, é utilizado açúcar com vinagre de arroz, para que o arroz possa ser colado com mais facilidade na alga marinha; a maioria dos molhos shoyos também contêm açúcar e glutamato monossódico, o que pode ser um problema para quem apresenta hiperglicemia, diabetes, hipertensão, mulheres que sofrem com candidíase de repetição e para quem sofre com dores de cabeça e enxaqueca.
As frituras e o shoyo são os vilões da comida japonesa. A fritura é a pior gordura de todas, o shoyo contém muito sódio e o gohan é um carboidrato simples. Além destes, a maionese e o cream cheese são os principais erros cometidos na hora dos pedidos.
Como em qualquer outra culinária do mundo, a comida japonesa tem os prós e contras, porém é possível se beneficiar com as diversas opções de pratos saudáveis e balanceados disponíveis por aí. 
A dica é: Equilíbrio!

Fonte: Nutricionistas Amanda Miranda e Gloria Viana.

quarta-feira, 23 de abril de 2014

O que vejo entre nós - Luiz Alberto C. Filho


Entre meus lábios e teus seios,
Não vejo um vinho tinto simplesmente,
Vejo realizados, certamente,
Os nossos mais secretos devaneios.
Não vejo em nossos cálidos enleios
Um vinho derramado tão somente,
Eu nos vejo matando loucamente
Dentro de nós indômitos anseios.
Nas mãos das almas gêmeas posso ver
Não apenas dois cálices divinos,
Mas o néctar dos nossos desatinos.
Ali não vejo um simples se querer,
Eu vejo em duas taças dois destinos,
Juntos até que toquem mortais sinos...

Luiz Alberto C. Filho

domingo, 20 de abril de 2014

Por incitação à prática de bullying, ovo de Páscoa da Mondelez Brasil é recolhido do mercado


De acordo com o Procon-RJ, a campanha publicitária do produto Bis Xtra + Chocolate, da Mondelez Brasil, e a mensagem transmitida em sua embalagem estão em desacordo com o artigo 37, parágrafo 2°, do Código de Defesa do Consumidor, por incentivar a discriminação entre crianças e adolescentes.
O processo determina a suspensão das vendas até que a mensagem em sua embalagem seja alterada e deixe de conter os textos de incitação à prática de bullying.
Entre os adesivos que podem ser utilizados por quem adquiriu o ovo de Páscoa estão expressões como “morto de fome”, “nerd” e “nervosinho”. No processo administrativo, o órgão estadual considera que, num momento em que o bullying vem sendo discutido pela sociedade, é inadmissível que um produto direcionado a crianças e adolescentes incite qualquer tipo de violência, inclusive a verbal, entre eles. “A Páscoa possui uma mensagem de paz e confraternização e esta campanha manda sacanear os outros?” disse a secretária de Estado de Proteção e Defesa do Consumidor, Cidinha Campos.
A ação foi motivada por relatos nas redes sociais e na mídia, não tendo havido reclamação formal junto ao órgão. Segundo o Procon-RJ, os gerentes dos estabelecimentos que forem visitados pelos fiscais do órgão serão responsáveis por informar a todas as filiais das redes em que trabalham sobre a suspensão da venda do produto.
O Procon também instaurou um processo administrativo contra a fabricante do ovo, a Mondelez Brasil, para a suspensão da comercialização do produto.

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Criatividade? Comida vencida é especialidade em restaurante inglês


Na cidade de Leeds já é possível comer por qualquer quantia de dinheiro, mas com uma condição: todos os produtos das refeições estão com o prazo de validade ultrapassados.
Como as comidas fora de validade não podem ser vendidas, mas são perfeitamente seguras para serem consumidas, um chef de cozinha decidiu aproveitar essa época de vacas magras, unindo o útil ao agradável.
Adam Smith, responsável pela ideia, quer não apenas alimentar as pessoas mas conscientizá-las para o desperdício de comida, servindo refeições deliciosas com alimentos que em outros estabelecimentos iriam para o lixo.
Assim, ao invés de cobrar um preço fechado, o chef espera que os clientes definam o quanto vão pagar. E mais, a comunidade pode doar alimentos vencidos e, ainda, se servir à vontade de uma pequena horta plantada no estabelecimento.
Ele ainda criou uma ação promocional para promover a causa, chamada Race Against Waste (ou corrida contra o desperdício). Assista ao vídeo: